Blog da Salwa - Notícias e Eventos da Cidade

10 de novembro de 2015

Previsão do tempo: segunda-feira tem pancadas de chuva em todo país

08/11/2015 21h59 - Atualizado em 08/11/2015 21h59

Em regiões de SP, RJ e MG deverá haver descargas elétricas localizadas.

Sol predomina apenas em parte da BA, do PI e do PE.

Do G1, em São Paulo
Todas as regiões do país têm previsão para pancadas de chuvas nesta segunda-feira (9), segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe), sendo que em regiões de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais deverá haver descargas elétricas localizadas.

Alguns estados, no entanto, têm previsão de sol entre poucas nuvens, como é o caso de parte do Rio Grande do Sul, do sul e sudeste do Tocantins, de parte do litoral do Maranhão, Piauí, Ceará, Goiás e do Distrito Federal.

O sol deve predominar apenas em no centro-sul do Piauí, no extremo oeste de Pernambuco e no centro-oeste da Bahia.
Veja a previsão por região para esta segunda-feira:
Capital
Mínima
Máxima
27°C
18°C
Rio de Janeiro
29°C
22°C
31°C
18°C
36°C
23°C
32°C
25°C
29°C
25°C
34°C
26°C
32°C
25°C
22°C
15°C
30°C
18°C
Sudeste
Na maior parte de São Paulo, no sudeste, no sul e no Triângulo Mineiro de Minas Gerais, no centro-oeste e no Vale do Paraíba do Rio de Janeiro, a previsão é de pancadas de chuva e descargas elétricas localizadas. No litoral do RJ e de SP, nebulosidade variável e chuva periódica. No norte do RJ e do extremo sul do Espírito Santo ao oeste de MG, há possibilidade de pancadas de chuva em áreas isoladas. Já no leste e nordeste do ES deve haver variação de nebulosidade. Para as demais áreas da região, a previsão é de sol entre poucas nuvens.

Sul
No litoral norte do Rio Grande do Sul e no litoral sul de Santa Catarina, a previsão é de muitas nuvens e chuvas isoladas. No litoral norte de SC e litoral do Paraná, muitas nuvens e chuva. No norte do RS e no sudeste e oeste de SC haverá possibilidade de pancadas de chuva. Nas demais áreas de SC e do PR o céu deve ficar nublado e pode haver pancadas de chuva. Nas demais áreas do RS, a previsão é de sol e poucas nuvens.

Norte
No sul e no sudeste de Tocantins, a previsão é de sol entre poucas nuvens. Nas demais regiões e em outros estados poderá haver pancadas de chuva.

Nordeste
No oeste, noroeste e norte do Maranhão poderão haver pancadas de chuva isoladas a partir da tarde. Nas demais áreas do litoral do MA, no litoral do Piauí, do Ceará e no leste da Região Nordeste, a previsão é de sol e variação de nuvens. No centro-sul do PI, extremo oeste de Pernambuco e centro-oeste da Bahia o sol deverá predominar. Nas demais áreas, a previsão é de sol e poucas nuvens.

Centro-Oeste
No leste e no norte de Goiás e no Distrito Federal deverá haver sol e poucas nuvens. No centro-sul e leste de Mato Grosso do Sul o tempo deverá ficar nublado com pancadas de chuva. No noroeste, centro e sudeste de GO também há possibilidade de pancadas de chuva em áreas isoladas a partir da tarde. Nas demais áreas da região, a previsão é de pancadas de chuva localizadas.

Estudantes de SC fazem barco a energia solar que atinge 30 km/h

10/11/2015 06h00 - Atualizado em 10/11/2015 06h00

Painéis na embarcação captam raios solares, que servem de combustível.

Estudantes querem vencer competição no RJ e ir para o mundial em 2016.

Do G1 SC
Estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolvem em Florianópolis um barco movido a energia solar capaz de atingir 30 quilômetros por hora. O objetivo é participar do campeonato brasileiro dessa categoria, que vai ocorrer neste mês em Búzios, no Rio de Janeiro. Para além da competição, porém, os alunos ajudam a desenvolver novas tecnologias.
Atualmente, a equipe Vento Sul melhora o barco chamado de Guarapuvu. O desafio deles é montar um veículo veloz e eficiente. Na categoria livre, a Vento Sul já foi campeã cinco vezes e quer levar o primeiro lugar novamente no Desafio Solar Brasil, que ocorre de 11 a 15 de novembro.
Os raios solares funcionam como combustível, captados em painéis que vêm sendo aprimorados a cada ano. Como toda prova de velocidade, a regra é simples: vence quem chegar primeiro.
"Estamos confiantes. O principal desafio é não perdermos para nós mesmos. A gente sempre melhora o projeto, todos os anos", disse o capitão da Vento Sul, Bruno Leonardo e Silva, que é estudante de engenharia civil. "Aprendo muita coisa aqui que consigo usar em muitas matérias do curso", diz Willian Vieira dos Santos, estudante de engenharia mecânica.
Painéis colocados no barco captam a energia solar (Foto: Reprodução/RBS TV)
Painéis colocados no barco captam a energia solar
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Painéis para capturar energia solar
O Guarapuvu tem seis metros de comprimento, é leve e tem na parte superior painéis que captam a energia solar, armazenada em uma bateria no interior das embarcações.

Mas, se o sol não aparecer no dia, as embarcações funcionam mesmo assim. "Ele tem um banco de bateria de um quilowatt. É pouco, a ideia é ser um barco solar, e não apenas elétrico. Com um pouco de luz, ele funciona e, se o tempo fechar totalmente, ele ainda funciona com a bateria, não se perde no mar", explicou Bruno.
A meta é vencer a prova deste ano para, em 2016, ir para Holanda participar da competição mundial. "Se vencermos o Desafio Solar Brasil, é um indicativo que estamos no caminho certo para a competição do ano que vem. Teremos um barco novo. Acaba a competição deste mês, começamos a projetar um barco novo para ir para o mundial", diZ o capitão da Vento Sul.